Banner Notícia

Faculdades Santo Agostinho abrem a I Semana de Enfermagem Norte-Mineira

A I Semana de Enfermagem foi aberta na manhã de segunda-feira, 21, no Teatro Santo Agostinho, campus JK. A semana foi iniciada com a Conferência de Abertura: Liderar para garantir a saúde universal nos diversos cenários. A conferência contou com a presença de diversas autoridades do setor de Enfermagem, como a presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais (Coren – MG), Carla Prado Silva; o presidente do Sindicato dos Enfermeiros de Minas Gerais (SEEMG), Dr. Anderson Rodrigues; a coordenação do curso das Faculdades Santo Agostinho; e demais autoridades locais. A Semana é uma parceria entre o Coren - MG e as Faculdades Santo Agostinho,

Ainda no primeiro dia, foi realizada uma homenagem à falecida enfermeira Ernestina Dourado Sobrinha Corrêa Machado. A enfermeira morreu em novembro do ano de 2017, graduou-se em Enfermagem e Obstetrícia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e pós-graduação pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A enfermeira passou pelas Faculdades Integradas Pitágoras, pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e pelo Hemocentro Regional de Montes Claros (Fundação Hemominas). A homenagem aconteceu em consonância à inauguração da Subseção do Coren (MG) do município.

A primeira semana de enfermagem do Norte de Minas Gerais terá como tema central Uma voz para liderar: A saúde é um direito humano. A I Semana de Enfermagem terá cerca de 17 palestras, três mesas redondas, dois cursos e uma feira de empreendedorismo. Outras instituições de ensino superior e técnico também participarão ao longo da semana.

Além das atividades citadas, o evento terá uma exposição que acontecerá na praça Dr. Carlos Versiane, no dia 23, às 8h. Diversos enfermeiros irão relatar à comunidade sobre o tema Retratos do fazer de Enfermagem nos diversos cenários do cuidar do Norte de Minas. Durante a manhã, será desenvolvido, também, blitz educativa, panfletagem, aferição de pressão arterial, e outros serviços básicos de saúde.

Dentro da programação, no dia 24 de maio, também serão realizadas palestras como: Reduzir as desigualdades – A enfermagem na saúde mental defendendo a saúde como direito; Boa saúde e bem-estar: A Enfermagem na gestão da atenção primária de saúde; Paz, justiça e instituições fortes – A Enfermagem no sistema prisional referência estadual, nas Faculdades Santo Agostinho, campus JK.

De acordo com o coordenador do projeto e conselheiro do Coren, Claudio Luis de Souza Santos, o objetivo da semana é permitir que o paradigma frente ao profissional de enfermagem seja quebrado e mostrar as várias vertentes de sua atuação. “Muitas vezes as pessoas não sabem que a responsabilidade da saúde dela, é do enfermeiro. As pessoas não têm consciência disso. Elas criam no imaginário que uma profissão dá conta de atender todas as veias e necessidades biológicas que elas possuem. Mas, não. É a enfermagem que está presente, desde o nascer até o envelhecer”, explica o conselheiro.  

A estudante de Enfermagem das Faculdades Santo Agostinho, Bruna Roberta Pereira Silva, tem 23 anos e está no 6° período. Para ela, o evento tem um grande potencial de auxiliar no ganho de conhecimentos. “Eu decidi vir participar da Semana de Enfermagem, para adquirir conhecimentos, pois os temas do evento são cobrados e temos de estudar e saber durante o nosso dia-a-dia de acadêmicos de Enfermagem. Além disso, temos o benefício das horas que ganhamos ao participar”, explicou a acadêmica.