Banner Notícia

Acadêmicos de Enfermagem levam orientações sobre saúde para mulheres do Santo Amaro

Na manhã desta sexta-feira (23.03), acadêmicos do curso de Enfermagem das Faculdades Santo Agostinho realizaram uma ação de conscientização e cuidados com a saúde para mulheres do bairro Santo Amaro e adjacentes.

Sob a coordenação da professora e preceptora de Internato da Saúde da Família, Ana Paula de Oliveira Santos, os acadêmicos, ainda em comemoração pelo Dia Internacional da Mulher, deram explicações sobre doenças, como o Câncer do Colo do Útero e Câncer de Mama, além de cuidados com a higiene e métodos conceptivos.

A ação ainda contou com sorteio de brindes e um Dia de Beleza, quando as participantes receberam dicas de maquiagem com uma consultora da Mary Kay.

“Essa ação faz parte das comemorações pelo mês da mulher e foi de suma importância para levar dicas de atenção primária saúde até as moradoras que sempre buscam no Estratégia Saúde da Família (ESF) do Santo Amaro. Além de dicas de prevenção de mama e do útero, ainda buscamos resgatar nessas mulheres a autoestima, já que o estado de saúde vai além das doenças. Ele passa pelo bem-estar físico, emocional, entretenimento e outros fatores. São mulheres que vivem em uma região carente da cidade e que precisam de maior atenção. Aqui, a demanda é muito grande e ajudamos os profissionais do ESF desde o pré-natal, passando por grupos de gestantes, o nascer das crianças, até o atendimento de adultos e idosos. Trata-se de uma questão social, pois além de trabalharmos a prevenção à saúde, ainda trabalhamos o lado humanitário”, destacou a professora Ana Paula.

Herika Nobre, acadêmica do 8º período de Enfermagem noturno, ressaltou por que é extremamente gratificante participar de ações de extensão das Faculdades Santo Agostinho.

“Conhecemos de perto a realidade das pessoas, conhecemos de fato a comunidade. Trabalhamos com orientações para toda a família e a enfermagem nos dá essa oportunidade, de ir além, de orientar com palestras, dinâmicas e mostrar para os moradores que são, em sua maioria, extremamente carentes, a importância da prevenção. Esse contato com o paciente é uma oportunidade que temos no estágio, pois aqui aprendemos a lidar com as necessidades, ouvir a comunidade, dar nossa opinião a respeito no que precisam se cuidar e prevenir”, frisou a acadêmica.

Amanda Katerina Prates, uma das moradoras que participou das orientações sobre cuidados e prevenção, resumiu a importância dessa ação em seu bairro.

“A maioria das pessoas do meu bairro é carente. Ações como essa de orientar, explicar, informar são válidas. Às vezes, muitos não conseguem compreender de imediato devido à carência e simplicidade. Mas, com uma linguagem simples e popular, os estagiários conseguiram atingir os objetivos propostos. Tenho certeza de que muitas mulheres saíram daqui hoje bem informadas e conscientes sobre a prevenção ao Câncer do Colo de Útero e Câncer de Mama”, finalizou a moradora.

IMG_2300